O Ministério Público do Rio de Janeiro ofereceu denúncia contra o diretor do departamento esportivo da Igreja Metodista de Cascadura, Rone Gomes Maciel, por corrupção de menor.

De acordo com o MP, Maciel vinha assediando, nos últimos dois meses, um adolescente de 14 anos, freqüentador da igreja. Como diretor do departamento esportivo, ele coordena um time de futebol formado por adolescentes, inclusive pela vítima.

Agentes da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) constataram as tentativas de aliciamento do menor, feitas por telefone, depois que a família da vítima instalou um identificador de chamadas na residência.

A polícia pediu e obteve na Justiça autorização para interceptar as ligações, comprovando o crime. O Delegado da DCAV pediu a prisão preventiva de Maciel, com parecer favorável do Ministério Público.

A alegação é de que o denunciado “exerce função em entidade religiosa, que permite sua grande proximidade e confiabilidade de adolescentes, e que ele usa para corrupção dos mesmos, visando seus atos lascivos”.

Segundo o Ministério Público, em liberdade, Maciel poderia utilizar seu acesso ao cadastro pessoal e informações da igreja para ameaçar a vítima e testemunhas, bem como outros jovens do local.

Fonte: Globo Online