Dois milhões de muçulmanos participaram nesta sexta-feira em Daca, capital de Bangladesh, das celebrações da Congregação Islâmica Mundial. O evento é tido como a segunda maior concentração religiosa do Islã, atrás apenas da peregrinação a Meca.

O primeiro encontro aconteceu nos anos 60, iniciado pelo Tablig Jamaat, um grupo religioso apolítico que insite para que os fiéis que sigam o Islã em seu dia-a-dia. O evento, durante o qual os peregrinos rezam e ouvem sermões de líderes religiosos, dura três dias e acontece uma vez por ano às margens do rio Turag in Tongi.

Ao amanhecer, enormes colunas de devotos começam a chegar ao lugar da peregrinação. Muitos deles viajam perigosamente em ônibus superlotados e em barcas que trafegam através de densa neblina, vindos principalmente de vilas rurais afastadas.

Vestidos nos tradicionais trajes de reza, os peregrinos se reúnem embaixo de um toldo, que se extende por mais de um quilômetro.

Fonte: AFP