Um obreiro do Ministério Voz de Salém, do Estado de Jammu e Caxemira, foi atacado em 6 de março na cidade de Kupwara.

O pastor Ashir voltava para casa na tarde de terça-feira, depois de uma reunião de oração na pequena vila de Rikwaza, a quase dez quilômetros de Kupwara. De repente, um grupo de pessoas mascaradas o atacou com canos de aço e pedaços de pau. Ele foi severamente agredido e teve uma de suas pernas quebrada.

Ashir ficou inconsciente e desmaiou. Alguns dos moradores das redondezas o encontraram na rua e o internaram em um hospital.

A polícia local registrou um caso contra os agressores não identificados.

Tahira, a esposa do pastor Ashir e o filho do casal, de quatro meses de idade, também estão sob ameaças.

O Ministério Voz de Salém pede orações pela família de Ashir e diz que há poucas famílias cristãs naquela localidade.

Fonte: Portas Abertas