O Teatro Municipal Raul Cortez, em Duque de Caxias (RJ), foi palco para a realização do primeiro DVD de Léa Mendonça, Recordações.

[img align=left width=300]http://musica.gospelprime.com.br/files/2011/05/L%C3%A9a-Mendon%C3%A7a-Recorda%C3%A7%C3%B5es.jpg[/img]Uma ocasião tão especial que foi produzida como Léa merecia. A cantora e pastora celebrou 25 anos de ministério, 15 deles ao lado da MK Music. O DVD tem 15 faixas. Não foi fácil reunir as principais canções gravadas pela cantora ao longo de duas décadas e meia – sem falar nas ministrações – em um só DVD mas, para Deus, tudo é possível.

Recordações tem produção musical de Rogério Vieira e direção geral de Marina de Oliveira. “O projeto foi desafiador. Gravar um DVD exige muita dedicação, empenho e o resultado foi surpreendente”, compartilhou a diretora artística da MK, Marina de Oliveira. Visivelmente emocionada e realizada, Léa Mendonça foi chamada ao palco do teatro. O show tem início com a animada ‘Eu Sou Abençoado’. Com se u jeito descontraído, a pastora interagiu e ministrou na vida de todos que marcaram presença, e claro, para aqueles que assistirão ao vídeo em seus lares, em eventos e tantas outras oportunidades.

Léa compartilhou momentos difíceis que viveu ao longo de todos esses anos de ministério para agradecer diante de todos a vitória de gravar seu primeiro DVD. Fazem parte do repertório canções como: ‘Ele Vai Tombar’, ‘Crente Cheio de Poder’, Porta Aberta por Deus’, além dos sucessos recentes como ‘Memórias’, ‘Eu Preciso Te Adorar’, ‘Eu e Minha Casa’, ‘Chora que a Vitória Vem’ e por aí vai. Recordações tem a participação da filha de Léa, Raquel, que a acompanhou em um medley com alguns hits. Léa, que já fez parte do grupo Altos Louvores, dividiu o palco com alguns dos integrantes na música ‘Seu Amor por Nós’, entre eles Sérgio Lopes, Jozyanne e Edvaldo, que foi quem descobriu o talento de Léa em um festival de música.

A ministração d a cantora antes de cantar ‘Quando o amigo trai’ também merece destaque. A pastora deixou uma importante palavra sobre perdão. “Perdoar não é esquecer, o nome disso é amnésia. Perdoar é lembrar e mesmo assim não sentir mais dor”, pregou. Após assistir ao DVD, Léa, afirmou que o produto superou as expectativas.

[b]Fonte: MK Music[/b]