FG News: Polícia detém pastor por suposto cárcere privado de 20 crianças

Postado em: 18-07-2009 Um pastor de uma seita religiosa denominada "Deus Vivo", com sede na cidade de Mbanza Kongo, em Angola, foi detido pela Polícia Nacional, por suposto cárcere privado de 20 crianças acusadas de feitiçaria.

O cidadão em causa, de 23 anos de idade, foi identificado pela polícia com o nome de Timóteio Mangani Sebastião.

Segundo a fonte policial, o acusado foi apanhado em flagrante delito na sua seita, localizada no bairro 11 de Novembro, periferia da cidade de Mbanza Kongo, com duas dezenas de crianças, submetendo-as a um jejum de sete dias para as livrar de eventuais espíritos malignos.

O caso, segundo a corporação, consta das 23 ocorrências registadas nos últimos sete dias, onde se destacam também a detenção de 22 cidadãos indiciados na prática de crimes diversos.

Entre os delitos figuram as ofensas corporais graves e simples, furto, uso de medicamentos expirados, ameaça de morte, injúria, roubo, uso de identidade alheia e posse de estupefaciente, vulgo liamba, entre outros.

Fonte: Angola Press