FG News: Católicos dialogarão com protestantes, assegura Kasper

Postado em: 25-01-2007 Em comunicado difundido ontem pela ag√™ncia de not√≠cias cat√≥lica Zenit, o cardeal Walter Kasper (foto) assegurou que carecem de fundamento as acusa√ß√Ķes dirigidas a Bento XVI e √† Santa S√© de desinteresse pelo di√°logo com as igrejas da Reforma.

Em muitas ocasi√Ķes, recordou o presidente do Conselho Pontif√≠cio para a Promo√ß√£o da Unidade dos Crist√£os, o papa Bento XVI manteve encontros com representantes dessas comunidades. Kasper destacou tamb√©m que ao longo de 2006 tr√™s comiss√Ķes conjuntas conclu√≠ram trabalhos importantes em n√≠vel de rela√ß√Ķes com anglicanos, luteranos e metodistas.

‚ÄúQueremos dialogar com todos os que querem dialogar conosco‚ÄĚ, assegurou Kasper em entrevista coletiva, quando fez um balan√ßo do movimento ecum√™nico.

Em rela√ß√£o √† Semana de Ora√ß√£o pela Unidade dos Crist√£os, e reportando-se a reclama√ß√Ķes em diversos setores, o cardeal explicou que "o di√°logo √© diverso segundo o parceiro. O di√°logo com os protestantes e o di√°logo com os ortodoxos √© diferente, pois se d√° uma diferen√ßa qualitativa. Com os ortodoxos temos uma eclesiologia e compartilhamos os sacramentos", sublinhou.

O religioso reconheceu que nos √ļltimos tempos algumas quest√Ķes, entre elas a admiss√£o das das mulheres ao sacerd√≥cio, a postura sobre a homossexualidade e outros temas √©ticos afastaram ainda mais algumas confiss√Ķes reformadas da posi√ß√£o da Igreja Cat√≥lica.

Para o prelado, existem outras Igrejas livres que protestam contra esta espécie de liberalização dos protestantes e que se sentem mais próximos do Vaticano. "Dá-se uma certa fragmentação no mundo protestante, que não é homogêneo", disse.

O caminho ecum√™nico, concluiu o cardeal, "√© obra do Esp√≠rito Santo: fazemos o que √© poss√≠vel, mas n√£o podemos ceder nas posi√ß√Ķes √©ticas", assinalou.

Fonte: ALC