Tecnologia: MercadoLivre abre centro de tecnologia no Brasil

Postado em: 05-10-2011 O MercadoLivre, empresa voltada para o comércio eletrônico na América Latina e o oitavo site de e-commerce mais acessado no mundo, terá um centro de tecnologia no Brasil.

O objetivo é criar um núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento que possibilite a criação de aplicativos que atendam necessidades do mercado nacional e que também possam ser exportados para os outros países onde o MercadoLivre tem operações.

“Queremos posicionar a América Latina como um centro de talentos capaz de criar soluções tecnológicas e exportá-la para outros continentes”, afirma Daniel Rabinovich, CTO do Grupo MercadoLivre. Atualmente há 20 profissionais de tecnologia, entre desenvolvedores e programadores, atuando no escritório em Alphaville para funcionalidades internas e administrativas. Com a criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, amplia-se o escopo dos projetos.

A criação do Centro de P&D tornou-se possível com o processo de abertura da plataforma MercadoLivre. Durante 18 meses a equipe de TI situada na Argentina reescreveu os códigos e agora a plataforma está apta a trabalhar com aplicativos, que poderão ser desenvolvidos tanto por esta equipe interna quanto por desenvolvedores independentes e empresas.

Aplicativos

O MercadoLivre também anunciou o lançamento de aplicativos que viabilizam as compras na plataforma MercadoLivre.com para usuários de iPhone e smartphones com sistema operacional Android. Desde agosto, os aplicativos já estavam disponíveis para os smartphones Blackberry. Em dois meses, segundo a empresa, foram feitos 15 mil downloads neste dispositivo.

Os aplicativos permitem navegar, pesquisar por produtos, conferir a reputação do vendedor, fazer perguntas, salvar produtos como favoritos, acompanhá-los e fazer ofertas diretamente do aplicativo. A procura pode ser realizada pelo buscador ou navegando pelas categorias.

O histórico é salvo para futuras consultas. Por ter sido desenvolvido para celular, é leve e as páginas carregam mais rápido. Os aplicativos podem ser baixados gratuitamente na App Store (iPhone), Market (Android) e App World (BlackBerry). Mais informações: www.mercadolivre.com.br/appmobile.

Segundo o CTO (Chief Technology Officer) do Grupo MercadoLivre, Daniel Rabinovich, o objetivo é tornar o aplicativo de compras disponível para usuários de qualquer telefone celular até o Natal.

Fonte: Convergência Digital