Tecnologia: Divulgar boatos na Internet dá cadeia na China

Postado em: 26-10-2011 Em mais um passo em sua escalada para controlar as redes sociais e o uso da Internet no país, as autoridades chinesas começaram a prender internautas acusados de divulgarem boatos na rede mundial de computadores.

Segundo o State Internet Information Office, agência chinesa responsável pelo controle da rede, “vários rumores que circulam pela Internet são falsos”. Por conta disso, determinou que os responsáveis sejam punidos, segundo informações divulgadas pela agência chinesa Xinhua.

Há casos já registrados de 15 dias de detenção por disseminação dos chamados boatos. Entre os prisos está um estudante da província de Yunnan, detido após divulgar que um homem havia matado oito oficiais em uma vila, informação que, segundo as autoridades, é falsa. Vale lembrar que, o que o governo chama de boato, muitas vezes é informação verdadeira, mas que incomoda os governantes...

“O governo que neutralizar o uso da Internet, que assustar as pessoas para que elas não compartilhem informações”, destaca a pesquisadora da área dos direitos humanos na Ásia, Phelim Kine, da Human Rights Watch.

Fonte: IDG Now