FG News: Pesquisadora cristĂŁ usa programas da NASA para explicar a “Estrela de BelĂ©m”

Postado em: 15-12-2011 Professora de astronomia usou tecnologia de ponta para investigar os céus de mais de 2000 anos atrås.

A professora de astronomia Irene Worthington Baron utilizou mais de 60 programas de computador da NASA para provar a veracidade da “estrela de Natal”.

Recentemente, ela publicou suas conclusĂ”es em um livro onde afirma que a estrela descrita na BĂ­blia foi apenas um marcador de posição e o Ășltimo de dez espetaculares anĂșncios celestes do nascimento.

A autora foi professora de ciĂȘncias e da astronomia durante mais de 40 anos e teve acesso aos programas da NASA para usar em suas aulas.
Sendo cristã, ele decidiu usar o que hå de mais avançado na tecnologia nessa årea para descobrir o que realmente aconteceu naqueles dias.

Seu ponto de partida é que, desde que foram criados, os movimentos de todos os corpos celestes, incluindo Lua, Sol, Terra e os demais planetas são imutåveis. Portanto, os astrÎnomos podem usar equaçÔes matemåticas para calcular como os corpos celestes se movem.

Os programas da NASA são capazes de realizar milhares de cålculos para refazer eventos ocorridos nos céus mais de 2.000 anos atrås.

Ela também estudou como os astrÎnomos antigos usavam seus simbolismos. Para isso, fez um extenso estudo de vårios materiais escritos por historiadores e arqueólogos. Os dados que obteve são baseados em registros históricos, pinturas e esculturas em templos antigos, moedas e selos.

Reunindo os dados da astronomia e o simbolismo dos antigos, pĂŽde reconstituir o anĂșncio do nascimento mais importante da histĂłria da humanidade.

Algumas especulaçÔes no passado davam conta que a estrela de Natal era um cometa, uma estrela que explodiu (chamada de supernova) ou uma conjunção de planetas, quando eles parecem se fundir no céu.

Os muitos livros que Irene leu sobre história antiga e arqueologia mostram que os astrÎnomos na época faziam todas as observaçÔes celestes durante o amanhecer.

Portanto, todos os cĂĄlculos do computador usavam como base seis horas da manhĂŁ no fuso horĂĄrio de BelĂ©m, que serviu como referĂȘncia para latitude e longitude.

As dificuldades para chegar a uma conclusão durante sua pesquisa não foram poucas e estão incluídas no livro Unraveling the Christmas Star Mystery [Desvendando o mistério da estrela de Natal].

A professora Baron diz que o simbolismo usado por antigos sacerdotes, astrĂŽnomos, astrĂłlogos, e cosmĂłlogos referia-se ao nascimento de um deus poderoso. Afinal, para eles, cada objeto que existia no cĂ©u era um deus e o anĂșncio do nascimento indicava que aquele seria o deus mais poderoso do universo.

A professora afirma que isso pode ser visto em diferentes interpretaçÔes simbólicas do céu feitas por civilizaçÔes como acådios, asiåticos, assírios, babilÎnios, chineses, egípcios, mesopotùmias, persas e sumérios.

Naquele momento da história, o mundo conhecido desfrutava de uma paz imposta pelos exércitos romanos. As pessoas podiam viajar com segurança. Isso permitiu que os magos, com os seus astrÎnomos e comitivas pudessem sair de sua terra natal e chegar até Belém, na Judeia.

O Sol era visto como um deus poderoso e confiĂĄvel. A lua era considerada uma deusa, fonte de toda a inteligĂȘncia, guardiĂŁ do conhecimento, do calendĂĄrio e, quando vista junto com o Sol, significa saĂșde, felicidade e estabelecia as bases do poder do rei ou governante.

Cada um dos movimentos no cĂ©u das “estrelas errantes”, hoje chamados de planetas, significava algo para os antigos astrĂŽnomos.

O livro discute a posição do Sol, da Lua e da Terra durante um eclipse solar. Os antigos conheciam os eclipses solares e foram eles que ajudaram a anunciar o nascimento de Cristo em uma progressão de dez eventos incomuns e magníficos.

A maioria deles fez aparecer no céu uma luz de balizamento que guiou os reis estrangeiros até Jesus.

A sĂ©rie de eventos comprovados nesta obra ocorreram ao longo de muitos meses. Naquela Ă©poca, os preparativos para uma viagem como essa demoravam um ano de antecedĂȘncia ou mais.

As pessoas escolhidas como representantes de seus paĂ­ses para fazer essa visita ao maior Deus do universo sabia das exigĂȘncias.

Isso inclui a escolha dos presentes ou tributos entregues, afinal o novo Deus poderia afetar o futuro de suas naçÔes e o resultado de guerras.

Unraveling the Christmas Star Mystery é um relato minucioso e fascinante do fenÎmeno estrelar descrito na Bíblia. Os capítulos abordam os registros bíblicos em paralelo a conceitos båsicos de astronomia e simbolismo de civilizaçÔes antigas.

HĂĄ uma sĂ©rie de notas sobre os quase 100 livros consultados e referĂȘncias tĂ©cnicas sobre o funcionamento dos programas da NASA.

Traduzido e adaptado por Gospel Prime de Assit News e Red Orbit