FG News: Título de cidadão de Salvador a Silas Malafaia é rejeitado por gays

Postado em: 07-09-2012 O t√≠tulo dado ao pastor Silas Malafaia (foto) foi considerado um "atentado aos direitos humanos da comunidade LGBT". Autor da proposta √© vereador e integrante da bancada evang√©lica da C√Ęmara de Salvador.

A concess√£o do t√≠tulo de cidad√£o de Salvador, pela C√Ęmara Municipal, ao pastor Silas Malafaia, l√≠der da Igreja Assembleia de Deus Vit√≥ria em Cristo, levou o movimento homossexual da capital baiana a um ataque de nervos, √†s v√©speras da 11¬™ Parada Gay da Bahia, que ocorre no domingo. Malafaia √© conhecido por suas posi√ß√Ķes homof√≥bicas, e seu t√≠tulo foi considerado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), mais antiga entidade do g√™nero em atividade no Brasil, um "atentado aos direitos humanos da comunidade LGBT". O grupo iniciou campanha contra o t√≠tulo no Facebook e Twitter. A a√ß√£o estimula que os integrantes das redes sociais protestem no perfil da C√Ęmara de Salvador no Facebook.

Al√©m da campanha na internet, o GGB pretende dar entrada em uma representa√ß√£o na presid√™ncia do Legislativo da cidade, questionando suposto "desrespeito ao Regimento da C√Ęmara Municipal de Salvador". Alega que, como o t√≠tulo de cidad√£o √© "concedido a pessoas nascidas fora da capital baiana e que tenham prestado relevantes servi√ßos ao munic√≠pio de Salvador ", Malafaia n√£o teria os tais "relevantes servi√ßos" √† capital baiana.

Os militantes homossexuais dizem que, se a homenagem n√£o for cancelada, v√£o convocar a comunidade LGBT para comparecer no dia da entrega do t√≠tulo, 27 de setembro, √† entrada da C√Ęmara Municipal "para tumultuar e impedir a realiza√ß√£o da titula√ß√£o". Lembram ainda que em outras cidades, como S√£o Lu√≠s, propostas semelhantes foram barradas.

O autor da proposta do t√≠tulo √© o vereador Heber Santana (PSC), membro da Igreja Batista Mission√°ria da Independ√™ncia e integrante da bancada evang√©lica da C√Ęmara de Salvador. Ele disse que, apesar de n√£o concordar com a posi√ß√£o do GGB, a respeita, assim como tem o direito de ser respeitado. "N√£o temos nada contra os homossexuais, s√≥ contra a pr√°tica do homossexualismo, mesmo assim respeitamos quem pratica. Agora, n√≥s defendemos valores compat√≠veis com a fam√≠lia tradicional, de casamento heterossexual. Achamos normal que a pol√™mica ocorra no campo das ideias, mas dizer que vai para a frente da C√Ęmara para tumultuar a sess√£o √© dif√≠cil aceitar", disse Santana.

Segundo ele, Malafaia merece o t√≠tulo de cidad√£o de Salvador principalmente pelo grande evento evang√©lico que promoveu em 2010 na capital baiana, o "Vida vitoriosa para voc√™", que teria reunido 150 mil pessoas. "Os que se converteram s√£o acompanhados at√© hoje pela associa√ß√£o do pastor Silas", disse. O vereador informou que a data inicial para a entrega do t√≠tulo, 27 de setembro, ter√° que ser revista devido ao per√≠odo eleitoral e reclamou que os evang√©licos sofrem mais preconceito que os homossexuais. "√Č o segmento (evang√©lico) mais censurado, quando quer expressar sua posi√ß√£o sobre determinados temas".

Fonte: A Tarde