Ci√™ncia & Sa√ļde: Casos graves de dengue caem 64%, indica boletim do Minist√©rio da Sa√ļde

Postado em: 27-11-2012 De janeiro a novembro deste ano, foram confirmados 3.774 casos de dengue em todo o pa√≠s, contra 10.507 no mesmo per√≠odo de 2011. Dados do Minist√©rio da Sa√ļde divulgados hoje (27) mostram ainda que o n√ļmero de casos graves da doen√ßa caiu 64% em rela√ß√£o ao ano passado.

O balan√ßo epidemiol√≥gico indica que 23 dos 26 estados brasileiros, al√©m do Distrito Federal, apresentaram redu√ß√Ķes significativas de casos graves de dengue em 2012. O estado com maior queda √© o Amazonas (-96%), seguido pelo Acre (-94%), por Roraima (-94%), pelo Paran√° (-93%), por S√£o Paulo (-83%), pelo Esp√≠rito Santo (-78%) e pelo Rio de Janeiro (-76%).

Em n√ļmeros absolutos, o Rio de Janeiro √© o estado que apresentou maior redu√ß√£o, registrando 891 casos graves de janeiro a novembro deste ano, contra 3.783 no mesmo per√≠odo do ano passado.

No acumulado do ano, foram confirmadas 247 mortes decorrentes da dengue, contra 481 no mesmo período de 2011, uma queda de de 49%. Ao todo, 15 estados e o Distrito Federal registraram redução nos óbitos pela doença, sendo que o Amapá, Santa Catarina, o Rio Grande do Sul e o Distrito Federal não apresentaram nenhuma morte em 2012.

Entre janeiro e setembro deste ano, foram registradas 44.569 interna√ß√Ķes por dengue no Sistema √önico de Sa√ļde (SUS), contra 72.091 no ano passado. De acordo com o minist√©rio, houve economia de R$ 11,7 milh√Ķes para os cofres p√ļblicos.

O total de casos notificados da doença somou 565.510 de janeiro a novembro de 2012, ante 727.803 no mesmo período de 2011. A queda foi observada em 16 estados e no Distrito Federal. A maior redução ocorreu no Amazonas (-93%).

Oito estados concentram 76% dos casos notificados de dengue no período: Rio de Janeiro (179.518), Ceará (54.591), Bahia (48.653), Pernambuco (33.487), Mato Grosso (29.910), São Paulo (28.767), Rio Grande do Norte (27.230) e Alagoas (27.743).

J√° os munic√≠pios com popula√ß√£o acima de 100 mil habitantes que mais registraram casos da doen√ßa entre janeiro e novembro s√£o o Rio de Janeiro (134.720), Fortaleza (39.187), Macei√≥ (13.729), Natal (12.057), S√£o Gon√ßalo (9.919), o Recife (9.602), Cuiab√° (8.751), Goi√Ęnia (8.693), Teresina (7.039) e Niter√≥i (6.461).

Fonte: Agência Brasil