FG News: Igreja deixa de fazer casamentos héteros até que união gay seja aceita

Postado em: 21-03-2013 ‚ÄúPessoas do mesmo sexo que est√£o comprometidas numa rela√ß√£o n√£o s√£o menos sagradas‚ÄĚ, diz pastor de congrega√ß√£o metodista da Carolina do Norte (EUA).

Uma igreja metodista da cidade americana de Winston-Salem, Carolina do Norte, tomou uma medida radical em favor igualdade de direitos para casais heterossexuais e homossexuais. Enquanto união gay não for aceita, héteros também não poderão se casar na congregação.

‚ÄúNa igreja Green Street, consideramos que as pessoas do mesmo sexo que est√£o comprometidas numa rela√ß√£o n√£o s√£o menos sagradas para n√≥s e para a nossa comunidade‚ÄĚ, defendeu o pastor Kelly Carpenter em comunicado, segundo a revista online Salon.

Carpenter, que dirige a igreja Green Street United Methodist, ressaltou a necessidade de direitos iguais a todos. ‚ÄúConsideramos que os homossexuais s√£o dignos de receber os santos sacramentos do casamento. Rejeitamos qualquer no√ß√£o que os torne cidad√£os de segunda classe no Reino de Deus‚ÄĚ, afirmou.

Em outro trecho do comunicado, o pastor alertou a necessidade das igrejas terem uma postura tolerante e acolhedora aos casais gays. ‚ÄúOs casais que assumem um compromisso t√™m necessidade de uma comunidade que os apoiem e ajudem a crescer na f√© e no amor‚ÄĚ.

A Carolina do Norte não está entre os estados americanos que permitem o casamento civil gay. Já em Massachusetts, Connecticut, Iowa, Maryland, Vermont, Washington e Nova York é possível se para casar legalmente com um parceiro do mesmo sexo.

Fonte: iG