FG News: Promotores buscam apoio evangélico no Legislativo

Postado em: 18-05-2013 O Ministério Público do Ceará pediu ontem o apoio de pastores evangélicos para rejeitar a Proposta de Emenda Constitucional 37, que tira dos ministérios públicos o poder de conduzir investigações criminais.

Em seus discursos aos pastores --das igrejas Batista, Presbiteriana e Assembleia de Deus, entre outras--, os promotores agradeceram a Deus, defenderam a "família" e criticaram a mobilização por direitos dos homossexuais.

"Temos o prazer de acolher pessoas de Deus para nos ajudar em uma luta da nossa sociedade", disse a promotora Iertes Pinheiro.

O presidente da Associação Cearense do Ministério Público, Plácido Rios, criticou as iniciativas que fazem com que "homossexuais tenham posição de destaque": "O que somos contra, porque devemos preservar a igualdade entre as classes", disse Rios, citando a luta da bancada evangélica "pela decência da sociedade brasileira".

"Vamos falar com todos nossos pastores no sentido de estarmos juntos para que esta PEC 37 caia na Câmara", disse o pastor Osíres Pessoa.

Fonte: Folha de São Paulo