FG News: Ataque em igreja deixa quase 60 mortos e 100 feridos no Paquist√£o

Postado em: 22-09-2013 Trata-se de um dos ataques mais mortíferos cometidos contra cristãos no Paquistão, comunidade que representa menos de 5% da população deste país de maioria muçulmana.

Ao menos 53 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas neste domingo (22) em um duplo atentado realizado em frente a uma igreja na saída da missa em Peshawar, no noroeste do Paquistão, segundo um novo balanço fornecido pelas autoridades locais.

Um funcionário de Peshawar disse à imprensa que as bombas explodiram logo após o fim da missa.

"A maioria dos feridos está em situação crítica", declarou o funcionário.

Nazir Khan, professora de 50 anos, disse que a missa havia terminado e que 400 fiéis estavam saindo da igreja quando ocorreu uma primeira explosão.

"Uma enorme explosão me lançou no chão e assim que recuperei meu sentidos uma segunda bomba explodiu", disse Khan à AFP.

Imagens de televis√£o mostram ambul√Ęncia transferindo os feridos a hospitais locais.

Havia cerca de 500 pessoas na igreja no momento do ataque. As autoridades evacuaram a √°rea e levaram os feridos para o hospital p√ļblico Lady Reading.

O primeiro-ministro do país, o muçulmano Nawaz Sharif condenou o ataque. "Os terroristas não respeitam nenhuma religião, pois matar pessoas inocentes é contrário a qualquer credo religioso", declarou ele.

A Liga Muçulmana Paquistanesa (PML, em inglês), partido de Sharif, também teceu críticas à ação. "A PML condena veementemente esse covarde ato de terror em Peshawar e vai trabalhar duro para eliminar a ameaça terrorista do Paquistão", publicou o partido em seu Twitter.

Fonte: 180 Graus e Jornal do Brasil