FG News: Líder metodista fala sobre a redução da maioridade penal

Postado em: 04-04-2015 Em vídeo, Bispo Paulo Lockmann pede que esse diálogo seja levado à igreja local para chegar a uma postura compatível com a Palavra de Deus.

O Bispo Paulo Lockmann, em nome da Igreja Metodista do Brasil, falou em vídeo sobre a redução da maioridade penal e expôs seu ponto de vista enquanto ministro do Evangelho.

O vídeo é de junho de 2013, o que prova que o debate sobre o assunto não é de hoje. Mas o fato é que a PEC 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, foi aprovada nesta semana na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

No YouTube, a descrição do vídeo diz: "Não temos sentido a presença de representantes da Igreja Cristã, seja qual for a denominação, não sentimos a presença de uma palavra de exortação à sociedade e aos governantes. Creio que temos medo de o fazer, mas a Palavra de Deus é viva, e ainda tem muito a nos ensinar, como pessoas e sociedade."

Lockmann explica que não faz uma abordagem jurídica, mas faz uma análise a respeito do porquê a sociedade chegou a tal problema. Ele frisa que a criminalidade se tornou consequência da falta de cuidado com esses menores. "Estamos tentando enxugar gelo. A diminuição da maioridade penal não vai extinguir a criminalidade de adolescentes", pondera o pastor, que acredita, inclusive, que a violência pode aumentar, levando em conta o local em que esses menores ficarão reclusos.

O líder evangélico diz acreditar que Deus não se agrada da ideia de colocar esses adolescentes na cadeia. "Com uma iniciativa dessa natureza, estamos mais para Herodes do que para Jesus Cristo", compara.

Para concluir, Lockann faz um apelo para que as denominações abram espaço para debater a redução da maioridade penal. "Devemos levar até a igreja local esse diálogo e ajudar a Igreja a ter uma postura mais compatível com a Palavra de Deus e com a justiça do Evangelho."

Ao final do vídeo foi colocada a gravação de um evento evangelístico realizado em julho de 2012, com mais de 1400 adolescentes no Hopi Hari, para mostrar que a Igreja Metodista busca resgatar e invertir em crianças e adolescentes.



Fonte: Guia-me