FG News: Casal Hernandes promove culto por satélite dos EUA

Postado em: 02-06-2007 No lugar de repórteres e torcedores acompanhando o treino do Corinthians, o Parque São Jorge teve uma movimentação diferente da habitual. Cerca de 10 mil pessoas assistiram, no ginásio do clube, uma pregação via satélite do casal Estavam e Sonia Hernandes, fundadores da Igreja Renascer em Cristo.

A transmissão foi feita direto de Miami, onde o casal aguarda julgamento em prisão domiciliar. Eles são acusados de tentar entrar nos Estados Unidos com US$ 56 mil não declarados e não podem deixar o país.

Durante o culto, imagens do casal eram mostradas em um telão instalado no ginásio, atrás do altar (veja galeria de fotos ao lado). As constantes acusações de que os Hernandes são alvo ou as investigações do Ministério Público não parecem ter sido suficientes para afastar os fiéis.

Para a maioria dos entrevistados no Parque São Jorge, Sonia e Estevam Hernandes passam por uma “provação ”, mas devem se safar no final. “Estamos vivendo uma perseguição religiosa”, diz a pastora Andrea Navarro, de Americana, interior do Estado. “Quanto mais a igreja é perseguida, mais ela cresce.”

Rubens Sá, bispo da Renascer, é mais tranqüilo ao explicar a situação. “O que podemos fazer é apenas crer na Justiça”, afirma. Questionado sobre os possíveis danos causados à imagem da igreja pela prisão domiciliar de seus fundadores, o bispo aponta para os fiéis. “Toda essa movimentação já fala por si só”, diz.

Movimentação que deve ser ainda maior na quinta-feira, 7 de junho, feriado de Corpus Christi. Nesse dia, a igreja espera reunir mais de 6 milhões de pessoas na Marcha por Jesus , na Av. Tiradentes, em São Paulo.

Fonte: Estadão