FG News: Augustus Nicodemus diz que a Igreja deve confrontar a ideologia de gênero

Postado em: 18-04-2017

O reverendo Augustus Nicodemus Lopes, pastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Goi√Ęnia, publicou um v√≠deo sobre a ideologia de g√™nero, explicando a postura da Igreja em rela√ß√£o ao tema.

Imagem redimensionadaDid√°tico, Nicodemus exp√Ķe os princ√≠pios b√≠blicos a respeito do que determina quem √© homem ou mulher, frisa a vis√£o da B√≠blia Sagrada sobre a homossexualidade e questiona as contradi√ß√Ķes dos pensadores ‚Äúprogressistas‚ÄĚ no que tange ambos os temas.

‚ÄúA ideologia de g√™nero faz uma distin√ß√£o entre sexo e g√™nero dizendo que o primeiro √© determinado biologicamente e o segundo sociologicamente. Ou seja: uma pessoa pode, biologicamente, nascer mulher, mas ela pode se transformar em homem, ou se sentir homem, ou se considerar homem genericamente, a partir das ideias ou dos relacionamentos da constru√ß√£o social‚ÄĚ, introduz o pastor.

O vídeo, publicado no canal PNO (perguntar não ofende), questiona qual deve ser a abordagem da Igreja em relação à ideologia de gênero, e de que forma pregar contra suas propostas.

‚ÄúA Igreja deve confrontar esse tipo de ideologia a partir das Escrituras, que nos diz que Deus criou o homem √† Sua imagem e semelhan√ßa. Homem e mulher os fez. Ou seja: a determina√ß√£o biol√≥gica, sexual e gen√©rica √© feita no nascimento. N√≥s nascemos homem, ou n√≥s nascemos mulher‚ÄĚ, comentou.

Nicodemus diz que ‚Äú√© verdade que as pessoas recebem influ√™ncia da cultura, da sociedade, da cria√ß√£o que √© dada em casa‚ÄĚ, por√©m nada disso muda uma imposi√ß√£o feita pela biologia: ‚ÄúA determina√ß√£o gen√©rica nunca pode ficar a crit√©rio da sociedade. N√£o podemos dissociar g√™nero da determina√ß√£o biol√≥gica‚ÄĚ, acrescentou.

Elegante, sem deixar de lado uma dose sutil de ironia, Nicodemus aponta as contradi√ß√Ķes dos ativistas da ideologia de g√™nero em rela√ß√£o ao assunto e √† homossexualidade: ‚ÄúA ideologia de g√™nero precisa, ainda, se decidir, porque n√£o faz muito tempo, os ativistas, defensores da ideologia de g√™nero, diziam que a pessoa j√° nasce gay, homossexual. E agora est√£o dizendo que essa determina√ß√£o n√£o √© mais biol√≥gica, √© gen√©rica a partir de uma constru√ß√£o social. E a gente n√£o sabe direito o que eles est√£o querendo. Ou a determina√ß√£o √© gen√©tica, ou √© pela constru√ß√£o social, segundo a ideologia de g√™nero‚ÄĚ, criticou.

‚ÄúPara n√≥s, crist√£os que percebemos a B√≠blia como a Palavra de Deus, Deus criou o homem, a mulher, o relacionamento heterossexual √© o padr√£o, a fam√≠lia heterossexual √© o padr√£o determinado por Deus‚ÄĚ, disse.

Por fim, ressaltou que a Igreja n√£o deve ficar ao sabor dos ventos das doutrinas sociais: ‚ÄúN√≥s compreendemos os sofrimentos, as tenta√ß√Ķes que as pessoas passam com toda essa movimenta√ß√£o a respeito de sexo, ou g√™nero, ser uma coisa determinada pela sociedade, mas n√≥s continuamos insistindo que a homossexualidade √© um desvio do padr√£o estabelecido por Deus, n√£o importa o que diga a ideologia de g√™nero, os ativistas. A Igreja deve ficar firme no que ensina a Palavra de Deus‚ÄĚ.

Assista:



Fonte: Gospel +