Tecnologia: Novo Android cada vez mais parecido com sistema da Apple e multitarefa

Postado em: 18-05-2017 Imagem redimensionada

O Google divulgou mais detalhes sobre seu novo Android, chamado de O, e ele tem algumas características já comuns para quem usa o iOS da Apple. Além disso, alguns apps poderão rodar simultaneamente, como fazer uma chamada em vídeo enquanto navega pelo celular. Durante o keynote do Google I/O, conferência anual para desenvolvedores, os principais executivos do Google trouxeram ainda novidades de inteligência artificial para o Google Fotos e Google Assistente.

Android O

Hoje são 2 bilhões de aparelhos ativos que rodam Android no mundo. A partir deste ano, pelo menos para uma parte deles, o novo sistema operacional para celulares poderá ser baixado. Por enquanto, só alguns detalhes foram divulgados para os desenvolvedores de apps.

Uma mudança que deixa o Android com cara de iOS é no sistema de notificações. Agora, quando você receber uma mensagem em algum app irá aparecer um sinal no ícone do app em sua tela -- e a partir do ícone você poderá ver as notificações.

Outra novidade bacana é que o sistema será multitarefa. Hoje, são raras as ações possíveis em dois apps ao mesmo tempo. A função chamada picture-in-picture (o PIP que a gente já conhece na TV) vai permitir que você cheque a agenda ou o Google Maps enquanto vê um vídeo.

Outro foco foi o desempenho e segurança do aparelho. Apps devem abrir mais rapidamente, assim como o celular deve ligar em menos tempo, além de serem feitas checagens em seus programas contra vírus diretamente do Google Play, o chamado Play Protect. Ele detectará e removerá apps que podem danificar seu celular. A inteligência artificial será usada em diversas ferramentas, seja para facilitar a seleção de palavras no copiar e colar trechos ou nos apps que rodam em segundo plano. O menor gasto de energia em apps em background é outra função similar ao iOS. Tudo pensando também em aumentar a vida útil da bateria.

Google Lens

Com uma nova uma tecnologia, similar ao que a Samsung já tem em sua assistente pessoal Brixby, será possível usar a câmera do celular para fazer buscas. Primeiro, os recursos chegarão ao Assistente e Google Fotos, e depois a outros produtos.

O Google Fotos também ganhará novas maneiras de compartilhar imagens. Atualmente, são mais de 500 milhões de usuários ativos por mês, que sobem mais de 1,2 bilhões de fotos e vídeos por dia no sistema. Como o UOL antecipou no começo do ano, agora a assistente do app irá reconhecer pessoas nas fotos, selecioná-las e perguntar se você não quer compartilhar aquelas imagens com ela.

Há ainda a possibilidade de ativar uma biblioteca compartilhada, por exemplo, com as fotos de seus filhos, que pode ser acessada tanto por você quanto por seu par, ou marcar que todas as fotos de uma viagem podem ser vistas por todos que viajaram.

Fonte: UOL