FG News: Papa segue com pesar seqüestro do arcebispo em Mossul e exige libertação

Postado em: 03-03-2008 O Papa Bento XVI segue "com profunda tristeza o dramático fato do seqüestro de Boulos Faray Rahho, arcebispo de Mossul (Iraque)", segundo declarou neste domingo após a oração do Ángelus.

"Uno-me ao chamado do Patriarca, o cardeal Emmanuel III e de seus colaboradores, para que o querido eclesiástico, que além disso está em precárias condições de saúde, seja liberado rapidamente", disse aos fiéis reunidos na Praça de São Pedro.

O Pontífice afirmou que elevava "sua oração pelas almas dos três jovens assassinados durante o seqüestro", na sexta-feira passada.

Joseph Ratzinger expressou sua "proximidade a toda a Igreja do Iraque e em particular à Igreja caldéia, mais uma vez golpeada duramente", ao mesmo tempo encorajou "os sacerdotes e fiéis a serem fortes e manterem a esperança".

O Papa também afirmou que "se multiplicam os esforços daqueles que comandam o destino do querido povo iraquiano para que, graças ao empenho e a sabedoria de todos, atinjam a paz e a segurança e não lhes seja negado o futuro que lhes é de direito.

Fonte: EFE