Disney volta a causar polêmica ao evitar termos religiosos em dublagens e traduções no Brasil

Data 11-08-2017 | Tóopico: FG News

Imagem original
Foi-se o tempo em que o tradicionalismo reinava na televisão mundial, muitas vezes por meio da religião. Programações de canais mundo afora já vêm abrindo mão dessa política, promovendo uma liberdade maior para incluir, por exemplo, relações homossexuais e diversidade de raças em produções, ao mesmo tempo em que passam a ignorar religiões e até realizar críticas sobre elas. Isso inclui atrações voltadas para o público infantil. E essa nova política liberal já chegou ao Brasil, ainda que de forma discreta.

De acordo com a jornalista Cristina Padiglione, uma atitude do Disney Channel vem chamando a atenção na TV paga. O canal pago ordenou que termos relacionados à religiões, por mais simples e genéricos que possam parecer, devem ser evitados e trocados nas dublagens e traduções de séries e filmes para o Brasil. Expressões como “credo” e “cruzes” passaram a ser alteradas, e até “Feliz Natal” foi trocado, tornando-se “Boas Festas”.

Em resposta à jornalista, a Disney Channel afirmou que “o conteúdo do canal procura ser relevante para as crianças e famílias de todo o mundo, refletindo a diversidade e a inclusão. Dessa forma, sempre que possível buscamos ampliar nossas expressões a fim de integrar o maior número de pessoas. Entretanto, toda vez que o conteúdo nos pede especificidade, não deixamos de utilizar expressões que sejam relacionadas à religião, como ‘Natal’ ou ‘Hanukkah’, ou hábitos culturais”.

Vale lembrar que o canal já havia causado polêmica recentemente ao “confrontar” o público conservador e exibir o primeiro beijo gay da sua história em uma animação para crianças.

Fonte: TV Foco





Este artigo veio de FolhaGospel.com
http://folhagospel.com

O endereço desta história é:
http://folhagospel.com/modules/news/article.php?storyid=34170