O que Cristo espera de mim?

Coluna: Palavras de Bênção
Autor: Manoel Valentim

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Salmos 1:1

Durante a visita do Papa Francisco ao Brasil, durante a Jornada Mundial da Juventude, ouviu-se várias vezes nos noticiários sobre esta pergunta realizada pelo Papa Francisco para os católicos. Porém esta pergunta não interessa apenas aos cristãos católicos, mas a todos os cristãos que tem o Senhor Jesus Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas, e que possuem a Bíblia Sagrada com sua única regra de fé e vida. Poderíamos dar várias resposta a esta pergunta, mas principalmente a regra de ouro indicada por Nosso Senhor Jesus: Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Marcos 12: 30 – 31. Porém o amor pressupõe seguir a aquele que declarou a Palavra, bem como procurar andar em sua Palavra. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. João 14:21 Não se trata de um amor descompromissado ou compromissado com a ética temporal do mundo. A ética temporal do mundo, isto é, o conselho dos ímpios não deve ser caminho para nós, os que cremos no Senhor Jesus. Se o fim é bom, também são os meios, diz a canção do Rosa de Saron. O fim tem que ser Jesus Cristo, os meios também que ser Jesus Cristo. Fica a pergunta! O Senhor Deus espera de cada cristão um compromisso maior e verdadeiro com Sua Palavra, Sua verdade, Sua Vida em nós através do Espírito Santo. Não precisamos procurar aprovação das pessoas, meros mortais, mas a aprovação de Deus que vem através da Paz em nossos corações por estarmos agindo em conformidade com o que Ele diz em Sua palavra. Sua Palavra permanece intacta. Passará tempos, céus e terra, mas sua Palavra permanece. Nem todo mundo aprecia, gosta, respeita Sua Palavra. Mas preferem respeitar palavras de meros mortais, que depois de algum tempo não estarão mais aqui nesta terra. O que nos interessa? Aquilo que Senhor Deus fala! Inclinar-me-ei para o teu santo templo, e louvarei o teu nome pela tua benignidade, e pela tua verdade; pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome. Salmos 138:2 Quem é esta palavra? É o Senhor Jesus Cristo. O verbo vivo! Toda a Palavra é digna de confiança e verdadeira. É o próprio Senhor Jesus Cristo nos falando em cada letra e frase. Nosso compromisso não é com este mundo, suas filosofias, seus achismos e sua ética perversa! Não há meio termo. Ser ou não ser eis a questão? Vale a pena ser cristão e andar conforme Sua Palavra. E o mundo? Sei lá! SHEVA BRACHOT MANOEL VALENTIM

Published:  06-09-2013