Ele estava internado desde o dia 4 de janeiro, quando sofreu um AVC. O corpo está sendo velado na sede regional da igreja, em Presidente Prudente.

O pastor Carlos Padilha de Siqueira, um dos líderes regionais da Igreja Assembleia de Deus, morreu na noite desta segunda-feira (14) aos 88 anos. Padilha estava internado desde o dia 4 de janeiro, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

De acordo com Israel Padilha de Siqueira, pastor e filho de Carlos Padilha, o líder faleceu por volta das 23h no Hospital Iamada, em Presidente Prudente, onde estava internado desde janeiro. “Segundo os médicos, meu pai era para ter falecido naquele dia devido à sua idade. Mas, graças a Deus, ele suportou por mais alguns dias e deu tempo de o visitarmos por alguns momentos”, destacou.

Carlos Padilha iniciou o ministério em 1948 e passou a liderança da obra para o filho João Carlos Padilha de Siqueira em 2005, que faleceu vítima de um câncer em 21 de abril de 2011. Após a morte do filho, o pai reassumiu a igreja até 9 de outubro de 2013, quando jubilou e passou o comando da igreja ao filho e pastor Samuel Padilha de Siqueira. Ele chegou a ser vice-presidente nacional da Assembleia de Deus.

Segundo informação da diretoria, a regional da Assembleia de Deus é composta por 134 igrejas e aproximadamente 16 mil membros.

O corpo de Carlos Padilha de Siqueira está sendo velado na sede regional da Assembleia de Deus, que fica na Rua Bela, 161, na Vila Ocidental. Um culto de corpo presente está programado para esta terça-feira (15) às 19h30 e outro para às 9h de quarta-feira (16). O sepultamento será realizado no Cemitério Municipal Campal às 11h dessa quarta-feira (16).

Padilha era viúvo e deixa oito filhos, noras e netos.

[b]Palavra[/b]

O filho e  pastor Israel Carlos Padilha falou ao portal iFronteira na manhã desta terça-feira (15), lembrando da luta do pai em evangelizar as pessoas e cuidar da igreja. “Meu pai foi um homem de muita garra. Nunca havia ficado doente e, inclusive, no dia do AVC, ele deu aula na Escola Dominical. Sempre trabalhou na obra”, lembrou Padilha, que deixa uma mensagem baseada em um trecho da bíblia.

“Todo trabalho que fazemos para o Senhor, temos uma recompensa. Jesus disse que o nosso galardão está com ele e o receberemos conforme as nossas obras. O galardão é para a todos que se dedicam na obra do Senhor. Todo trabalho tem uma recompensa aqui na terra e depois nos céus.”

[b]Fonte: Portal iFronteira[/b]