Uma mulher acusa a empresa em que trabalhava de demiti-la porque desejou “Feliz Natal” aos clientes em ligações telefônicas, na localidade americana de Pensacola, no Estado da Flórida. Tonia Thomas, 35 anos, disse que recusou a dizer “Boas Festas”.

“Como cristã, não reconheço outros feriados”, afirmou a ex-funcionária, que diz ser da Igreja Batista, à agência Associated Press.

Tonia registrou queixa contra a empresa Counts-Oakes Resorts Properties Inc. e quer ser indenizada. A companhia negou que essa tenha sido a causa da demissão da mulher.

“Nós somos uma empresa cristã e celebramos o Natal”, disse o presidente da empresa, Andy Philips, à AP. “Ela é uma funcionária decepcionada”.

Fonte: Terra