Mirian Cardoso de 34 anos sofreu uma parada cardíaca dentro de uma igreja evangélica, em Joinville.

A morte de Mirian R. Cardoso de 34 anos, depois de ter uma parada cardíaca dentro de uma igreja no Costa e Silva, em Joinville, deixou os familiares revoltados com a falta de socorro. Miriam usava marcapasso. No fim da tarde desta terça-feira (22/02), os familiares fizeram um boletim de ocorrência contra a igreja, pois, segundo os familiares o pastor, ao invés de pedir ajuda, ficou orando.

“Nós queremos é a partir de agora se tenha um pouco de cuidado com os fiéis para que não ocorram outras mortes assim”, disse Nelson Schwalpe que é cunhado de Mirian.

O Samu foi chamado, conseguiu reanimá-la, mas ela teve outra parada cardíaca e acabou morrendo. Mirian será enterrada nesta quarta, às 9h00, no Cemitério Municipal.

Segundo informações do Diário Catarinense e do Jornal Catarinense, o pastor foi procurado até as 19h00, mas não foi encontrado.

[b]Fonte: Rádio Gospel FM[/b]