Adam “Nergal” Darski, vocalista da banda de death metal Behemoth, será julgado por ter rasgado uma Bíblia durante um show que fez ao lado do grupo em 13 de setembro de 2007, na cidade polaca de Gdynia.

Além de despedaçar o livro, o músico também afirmou que a Igreja Católica é “uma instituição imatura, que tenta amordaçar as pessoas e a liberdade de expressão”. “Dizem que este livro é sagrado. Ouso discordar. Para mim, é a fonte de toda a hipocrisia e o pior mal que o homem faz a si próprio.”

O Supremo Tribunal da Polônia, que deve julgar o caso ainda em 2012, considerou que Nergal “ofendeu os sentimentos dos crentes religiosos”, violando uma lei do país. Caso seja considerado culpado, o músico de 35 anos deve cumprir uma pena de dois anos em regime fechado.

O advogado de defesa do músico alegou que o incidente deve ser considerado um ato de liberdade artística e que, por isso mesmo, não deve ser julgado como um “radicalismo”. Tomasz Wróblewski, baixista do grupo, declarou que: “não ofendeu ninguém em particular, apenas a religião e as regras em que todos fomos criados”. 

Veja o momento em que Nergal rasga a Bíblia no palco:

[b]Fonte: Vírgula[/b]