O número de religiosos católicos diminuiu 10% em 2006 em relação ao ano anterior, o que faz com que a quantidade de vocacionados tenha caído para 945.210, segundo estatísticas publicadas na última edição do jornal do Vaticano L’Osservatore Romano.

O jornal do Vaticano antecipou as informações do Escritório central de estatística da Igreja Católica, que serão publicadas em breve no anuário pontifício de 2006.

Em detalhe, aconteceu uma diminuição de 94 mil religiosos, deixando no mundo católico 136.171 sacerdotes, 532 diáconos permanentes, 55.107 religiosos não sacerdotes e 753.400 religiosas.

Segundo esta publicação, caso se considere apenas os sacerdotes, excluindo os de direito diocesano, no continente africano há 11.348, assim como 60.708 religiosas, na Ásia são registrados 21.154 sacerdotes e 155.854 religiosas, na Europa 52.290 sacerdotes e 315.981 religiosas, no continente americano 42.318 sacerdotes e 211.159 religiosas e na Oceania 2.061 sacerdotes e 9.698 religiosas.

A falta de religiosos é uma questão que preocupou o Papa Bento XVI desde o início de seu Pontificado, já que em muitas oportunidades rezou pelo aumento de vocacionados.

Em uma audiência em maio passado aos participantes do Congresso Mundial de Missionários, o Papa destacou a dificuldade que sofrem as missões por causa da falta de vocacionados da Igreja Católica e do envelhecimento do clero.

Retificação: [url=http://www.folhagospel.com/site/html/modules/news/article.php?storyid=6405]Vaticano retifica número sobre diminuição de religiosos[/url]

Fonte: EFE