Brasília Voto não tem preço. Voto tem consequências! Este é o mote da Campanha de Combate a Corrupção Eleitoral.

A campanha será reeditada pelo Conselho Federal da OAB, juntamente com as seccionais da entidade, e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB.

O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, juntamente com o bispo auxiliar de Brasília, Dom Leonardo Steiner, reuniram-se nesta quarta-feira (16), para traçar os planos de ação da campanha 9840, alusiva a Lei nº 9.840/99, que tornou crime a prática da compra de votos.

Marcus Vinicius ressaltou que a longa parceria entre OAB e CNBB já resultaram grandes conquistas para a sociedade brasileira, como, por exemplo, a Lei de Iniciativa popular nº 135/2010 Ficha Limpa, sancionada em 4 de junho de 2010, após conquistar o apoio de 1,3 milhão de assinaturas para sua aprovação pelo Congresso Nacional, e terá sua primeira aplicação justamente neste ano.

Dom Leonardo reafirmou o engajamento da CNBB, que atuará mobilizando mais de cinco mil igrejas em todo o país. Ele ressalta que a campanha atende o anseio de toda a sociedade.

A reunião contou com a participação do vice-presidente da OAB Nacional, Claudio Lamachia, do secretário-geral adjunto, Claudio Stabile, do diretor-tesoureiro, Antonio Oneildo Ferreira e do membro honorário vitalício da entidade, Marcelo Lavenère.

[b]Fonte: OAB[/b]