Os organizadores da campanha 350 (www.350.org) estão planejando um novo protesto contra o fiasco anunciado para o acordo do clima, a ser negociado dezembro em Copenhague.

Os ambientalistas, que já tinham feito uma manifestação global em outubro, vão convocar para 11 desse mês um evento maior. Pedem que as pessoas acendam velas em monumentos famosos, como a Torre Eiffel, a Estátua da Liberdade e o Cristo Redentor, numa “vigília pela sobrevivência”.

Os manifestantes também pedem que, no dia 13 de dezembro, um domingo, igrejas, mesquitas, sinagogas e outros templos toquem seus sinos. Nesse dia, a conferência de Copenhague –encontro de duas semanas programado para estabelecer o novo tratado do clima- já estará na sua metade.

O mote da campanha é reivindicar a redução da concentração do CO2 na atmosfera para 350 partes por milhão. Hoje a concentração do gás está em quase 400 ppm.

Fonte: Folha Online