Uma série de 10 outdoors espalhados em diversos pontos de Campina Grande, na Paraíba, reacendeu a briga entre os homossexuais e os evangélicos ligados à ONG Visão Nacional para a Consciência Cristã.

Poucos dias antes da Parada Gay da cidade, programada para acontecer na próxima sexta-feira, os cartazes trazem uma inscrição que foi tomada como provocação pelos gays: “E fez Deus homem e mulher e viu que era bom”.

A briga entre os religiosos e os militantes homossexuais em Campina Grande não é nova. Ela começou em junho quando outra série de outdoors foi colocada na cidade com críticas à homossexualidade. Acionada na Justiça pelos representantes do movimento gay, a Vinacc teve que retirar as peças, consideradas discriminatórias. Ontem, o militante Francisco Cleiber anunciou que vai acionar a Justiça para pedir a retirada dos outdoors:

“É discriminação e desumanidade. O homossexual é um ser humano. Esperamos que os outdoors sejam retirados antes da sexta-feira para não causar aborrecimentos. Mas, a Parada Gay vai ser realizada de toda forma. Ela já está no calendário nacional e já recebeu apoio do governo federal”, disse Francisco.

Já o Pastor Euder Faber negou que a campanha da Vinacc tenha sido planejada para ir às ruas como uma provocação aos gays antes da Parada: “Foi uma coincidência. O que há é uma preocupação em resgatar os valores, os princípios cristãos da família. Nós esperamos que desta vez não haja censura”.

Fonte: Paraíba Online