Um padre colombiano de 73 anos renunciou ao clero da Igreja após a revelação de que ele tinha duas amantes, informam hoje as autoridades eclesiásticas locais.

O arcebispo coadjutor da Arquidiocese de Cali (sudeste da Colômbia), Darío de Jesús Monsalve, disse em declarações à agência Efe que Rodrigo Carvajal Vargas, o padre em questão, renunciou na quarta-feira, em mensagem enviada a seu escritório, após uma das amantes denunciá-lo.

Carvajal trabalhava no pároco da Igreja de La Merced, no centro histórico de Cali, capital do departamento de Valle del Cauca (sudoeste do país).

“Sua renúncia foi aceita”, afirmou Monsalve, que qualificou como doloroso o caso de Carvajal, quem há 20 anos convivia com uma mulher separada, sem que ninguém soubesse disso.

Além dela, ele mantinha há três anos uma relação paralela com outra mulher, também separada. Esta foi quem divulgou à imprensa de Cali os romances do padre.

Segundo o arcebispo, Carvajal enfrentará agora um processo disciplinar, que pode levar a uma “sanção canônica”.

[b]Fonte: Folha Online[/b]