Um antigo padre chileno foi condenado a 15 anos de prisão por abuso e violação de uma menor no Chile, depois de ter sido suspenso pela igreja em 2010.

De acordo com fontes judiciais, o tribunal da localidade de San Felipe condenou o pároco José Francisco Valenzuela Sanhueza por abuso sexual e violação.

Os abusos teriam começado em 2004, quando a vítima tinha apenas 12 anos.

O homem já estava cumprindo pena há ano e meio em prisão preventiva.

Foi ainda sentenciado ao pagamento de 15.400 euros, além de ser proibido de se aproximar da jovem durante 10 anos.

[b]Fonte: A Bola – Portugal[/b]