O padre conta que há aproximadamente três anos que ouvia casos de pessoas que teriam feito doações em dinheiro para a igreja.

Um homem se dizendo representante do padre Mássimo Lombardi, reitor da Catedral Nossa Senhora de Nazaré, estaria pedindo doações em diversos bairros de Rio Branco utilizando o nome da Igreja. O golpe foi denunciado pelo sacerdote que pretende denunciar o caso à polícia nesta quarta-feira (13).

O padre conta que há aproximadamente três anos que ouvia casos de pessoas que teriam feito doações em dinheiro que seriam supostamente utilizadas em obras de reforma da Catedral Nossa Senhora de Nazaré. “Ano passado consegui encontrá-lo porque uma pessoa me ligou e disse que ele estava na casa de um vizinho”, conta.

Segundo Lombardi, ele estaria disposto a deixar o caso de lado caso o suspeito parasse com a fraude. “Conversei, dando conselhos, para tentar tocar o coração dele e começar uma vida honesta. Mas no fim, ele disse que se não pedisse dinheiro em meu nome, teria uma outra opção, a de ser um traficante”, afirma.

[b]Fonte: G1 Acre[/b]