Religioso foi preso na manhã desta quarta a pedido do Ministério Público do Estado, sob acusação de abusar sexualmente de adolescentes.

Um padre da Igreja Católica foi preso preventivamente na manhã desta quarta-feira (15), a pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por ser acusado de abusar sexualmente de adolescentes. O religioso exercia suas atividades no município de Cabrobó, Sertão de Pernambuco e, de acordo com o promotor de Justiça da cidade, Júlio César Cavalcanti Elihimas, foi preso após uma expedição de mandado de prisão pelo juiz da comarca do município.

Por correr em segredo de justiça, o nome do padre não foi divulgado. “Nossa cidade vem sofrendo com muitos casos de abuso sexual de crianças e adolescentes, por isso estamos adotando a política de tolerância zero, razão pela qual estamos dando prioridade aos processos que envolvem este tipo de crime, bem como estamos solicitando a prisão dos réus”, disse Júlio César.

O promotor assegura que “as provas são robustas e contundentes no sentido de apontar que o religioso utilizou de sua profissão para atrair adolescentes até a casa paroquial de Cabrobó e lá abusava sexualmente de crianças e adolescentes, em troca de dinheiro e cesta básica.”

O padre foi levado à cadeia pública de Cabrobó e está à disposição da Justiça. O acusado permanece em uma cela separada, pois possui curso superior em Teologia.

[b]Fonte: JC online[/b]