Um escândalo envolvendo o padre José Ramos de Araújo, pároco da igreja de Nossa Senhora Aparecida, no bairro João Cabral, em Juazeiro do Norte, abala a igreja católica no interior do Ceará. O padre denunciou à polícia que estava sendo vítima de extorsão.

A polícia já prendeu duas pessoas que negam a versão do padre. José Erasmo Ferreira, 27 anos, foi preso no momento que tentava receber 3 mil reais, na igreja onde padre Ramos trabalhava. Na versão de Erasmo, ele e seus amigos praticavam sexo com o padre em troca de dinheiro.

O outro acusado preso, Emerson Jorge, 23 anos, é casado e também afirma ter mantido relação sexual com o padre várias vezes por dinheiro. Ele negou está extorquindo o padre.

Fonte: Ceará Agora