A onda de violência que vem assustando os moradores e os religiosos de Alagoas levou uma comissão de padres de paróquias de vários bairros em Maceió a denunciar o ocorrrido à Seccional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Preocupados com o aumento vertiginoso nas estatísticas de assaltos, arrombamentos e homicídios, os sacerdotes se uniram e solicitaram o apoio da OAB alagoana.

A iniciativa de formar a comissão partiu do padre Ernesto Amintas, que afirmou que várias paróquias, escolas e casas foram arrombadas.

A denúncia foi entregue ao presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-AL, Gilberto Irineu, que comunicou o caso à Polícia Militar e já agendou reunião com o grupo de sacerdotes e outras instituições.

O encontro será realizado às 19h desta segunda-feira (18/6), às 19h, na Igreja Nossa Senhora das Graças, Levada, em Maceió.

Fonte: Última Instância