Depois de usar um padre como mula, uma quadrilha de tráfico de drogas internacional teria tentado enviar droga para Amsterdã, Holanda, através de um pai-de-santo.

Ele foi preso no domingo à tarde, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Segundo informações do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), José Roberto Pereira, de 60 anos, afirmou ter sido conselheiro espiritual de técnico de futebol e ter participado de programas de televisão, e foi preso com o cabeleireiro Daniel Ferreira Lima Neto, de 19 anos. Cada um deles receberia R$ 6 mil.

O cabeleireiro disse que essa seria sua primeira viagem, porém, o pai-de-santo já tinha experiência. Eles deveriam ter engolido as cápsulas de cocaína, mas, como não conseguiram, resolveram levá-las na bagagem.

Fonte: Agência Estado