A maioria dos países árabes do leste do Mediterrâneo e da Península Arábica anunciou nesta quinta-feira que hoje começa o “Eid ul-Fitr”, a festa que marca o fim do Ramadã, mês de jejum e recolhimento dos muçulmanos.

Arábia Saudita, Jordânia, Líbano, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Catar, Iêmen, Barein, Líbia e Kuwait anunciaram que hoje é o último dia do mês do Ramadã e que amanhã começa o mês muçulmano de Shawal.

Só o Egito e Omã decretaram que o “Eid ul-Fitr” começará no sábado, razão pela qual os habitantes destes dois países jejuarão um dia a mais que seus vizinhos árabes.

Até o momento, a Síria, o Irã e os muçulmanos xiitas do Iraque e do Líbano não se pronunciaram sobre o começo do mês de Shawal.

Após um mês de jejum e de abstinência sexual durante o dia, os muçulmanos comprarm roupas novas e doces para aproveitar os três dias do “Eid ul-Fitr”.

Fonte: EFE