O Papa Bento XVI convidou nesta quinta-feira os católicos e cristãos de todo o mundo a manter um “diálogo sincero” com os muçulmanos, em um discurso pronunciado em sua residência de verão de Castelgandolfo, perto de Roma.

“Para evitar que se desenvolvam formas de intolerância e para prevenir qualquer violência é preciso manter um diálogo sincero, fundado no conhecimento recíproco” , afirmou o Papa ao receber os bispos da conferência episcopal de Benin.

Para o pontífice esse diálogo deve ser baseado em “relações humanas respeitosas, colaboração mútua e entendimento sobre os valores da vida”.

Este é um novo apelo ao diálogo, depois dos realizados há um ano depois do controvertido discurso pronunciado numa universidade alemã, que gerou uma onda de protestos no mundo muçulmano.

Fonte: AFP