Papa Bento XVI afirmou neste domingo que faz falta na Itália uma “nova geração” de políticos católicos que tenham “rigor moral” e “competência”.

Na homilia realizada no Santuário de Nossa Senhora de Bonaria, em Cagliari, na ilha da Sardenha, o Pontífice convidou a Igreja e os católicos a “serem capazes de evangelizar o mundo do trabalho, da economia, da política”.

Deste mundo “precisa de uma nova geração de cristãos comprometidos, capazes de buscar com competência e rigor moral soluções de desenvolvimento sustentável”, disse Joseph Ratzinger.

Entre as milhares de pessoas que ouviram as palavras do Papa estavam, na primeira fila, o chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, o governador da Sardenha, Renato Soru, e o subecretário Gianni Letta.

Fonte: Jornal da Mídia