O Papa Bento XVI convidou os católicos a serem humildes, assegurando que “este não é um valor negativo”, durante sua catequese da audiência geral de hoje, realizada na Praça São Pedro.

O Pontífice dedicou a catequese a Santo Afraates, figura importante do cristianismo do século IV, na Síria, que dizia que “a humildade não é um valor negativo” e que, “permanecendo humilde, o cristão pode entrar em relação com o Senhor”.

O Papa usou a imagem evocada pelo santo, que comparava a virtude da humildade com “as raízes plantadas no solo, que sustentam a árvore que, com seus galhos, se eleva ao céu”.

Os humildes, segundo Bento XVI, “são simples, pacientes, amados, íntegros, especialistas no bem, prudentes, serenos, sábios e pacíficos, misericordiosos, benévolos, profundos e ponderados, belos e desejáveis”.

O Papa explicou que nos escritos do santo “se mostrava a salvação como uma cura, Cristo como o médico que salva, e o pecado como uma ferida que só a penitência pode curar”.

Para Santo Afraates, “a vida cristã é seguir Cristo e orar como Ele nos ensinou, com humildade para que habite em nosso coração e nos leve a um compromisso de caridade com o próximo”.

Fonte: EFE