O papa Bento XVI manteve todos os compromissos assumidos antes da fratura que sofreu no punho direito, confirmou hoje o secretário de Estado do Vaticano, Tarcisio Bertone.

“O papa dormiu bem, rezou a missa e está aprendendo a viver com o punho imobilizado”, disse Bertone.

O pontífice, de 82 anos, foi operado ontem da fratura. Ele quebrou o punho após escorregar no quarto do chalé em que passa férias, nos Alpes italianos.

Segundo Bertone, o papa sofre com o incômodo de “não conseguir escrever”, mas segue a vida “normalmente”.

O punho do papa foi imobilizado. A previsão é que o ele esteja inteiramente recuperado daqui a um mês.

Fonte: EFE