US$ 800 mil serão destinados à reconstrução de escolas e US$ 400 mil à reconstrução das igrejas.

O papa Bento 16 enviou o cardeal Robert Sarah ao Haiti junto com uma ajuda financeira de US$ 1,2 bilhão para a população atingida pelo terremoto de 2009 que causou a morte de 250 mil pessoas e deixou 1 milhão desabrigadas, anunciou o Vaticano hoje.

O cardeal Sarah, presidente de Conselho Pontifício Cor Unum, instituição vaticana que distribui os fundos econômicos recebidos pelo Vaticano, levará também uma mensagem do papa à população haitiana.

Sarah visitará algumas comunidades religiosas como a Irmãs de Cristo Rei, cujo hospital ficou destruído e lançará a pedra fundamental da Escola Notre Dame des Anges.

O cardeal levará uma ajuda econômica proveniente das contribuições para o terremoto: US$ 800 mil destinados à reconstrução de escolas e US$ 400 mil à reconstrução das igrejas.

Em 11 de janeiro, o presidente de Cor Unum acompanhado do subsecretário, o espanhol Segundo Tejado, se reunirá com o presidente da República, René Préval, e visitará o campo de refugiados onde realizará uma missa.

No dia seguinte, lerá a mensagem do papa durante a missa de celebração de um ano do terremoto.

[b]Fonte: Folha Online[/b]