O ex-jogador pediu a mobilização de grande nomes “para poder ajudar a todas as crianças que não tem o que comer no mundo”

O ex-jogador argentino Diego Maradona esteve nesta quinta-feira no Vaticano para se reunir com o papa Francisco, com quem falou sobre a organização de uma partida pela paz em Roma, anunciou o Vaticano.

[img align=left width=300]http://imagens1.ne10.uol.com.br/ne10/imagem/noticia/2015/04/23/normal/d6ee6e51ee5cb1fa6bcf37143f19a5d0.jpg[/img]Em coletiva de imprensa organizada pela ONG Scholas Occurentes, o lendário jogador da seleção argentina pediu a mobilização de grande nomes “para poder ajudar a todas as crianças que não tem o que comer no mundo”.

“O primeiro fã de Francisco sou eu (…) Quero agradecer Francisco por todo o afeto que me transmite”, completou.

Segundo o porta-voz da Santa Sede, Federico Lombardi, foi discutido durante a reunião entre as duas personalidades argentinas a organização de uma partida pela paz.

A primeira partida pela paz foi disputada em 1 de setembro de 2014, no estádio Olímpico de Roma. Estrelas do passado e presente do futebol participaram, incluindo o próprio Maradona.

A rede Scholas Occurentes nasceu em Buenos Aires e, atualmente, reúne cerca de 400.000 escolas públicas e privadas nos cinco continentes.

[b]Fonte: NE 10[/b]