O papa Bento 16 lança nesta sexta-feira seu próprio canal no site de compartilhamento de vídeos YouTube.

O arcebispo Claudio Maria Celli, chefe do departamento de comunicação do Vaticano, afirmou que o líder da Igreja Católica que chegar à “geração digital”.

Trabalhando junto com o Google, proprietário do YouTube, o Vaticano vai fornecer materiais variados para seu novo canal.

Imagens e áudio dos sermões de Bento 16 além das notícias da Santa Sé serão disponibilizadas e o Vaticano terá controle sobre o conteúdo do site.

O jornal do Vaticano, Osservatore Romano, informou que o objetivo da iniciativa é “garantir a presença do papa na internet” e acrescentou que Bento 16 sempre “gostou de novas tecnologias”.

As autoridades do Vaticano informaram que o novo canal visa a uma audiência variada, desde católicos devotos até o internauta comum.

Segundo o correspondente da BBC em Roma, Duncan Kennedy, apesar de o Vaticano já ter sua página própria na internet, o canal no YouTube representa seu maior passo no mundo virtual.

Mas, de acordo com Kennedy, o uso da internet como uma ferramenta missionária divide setores dentro da Igreja Católica.

Fonte: BBC Brasil