O Papa Bento XVI pediu hoje que os fiéis mantenham a tradição de colocar a árvore e o presépio nas casas no período do Natal, durante uma audiência aos peregrinos da região de Trentino-Alto Ádige, no norte da Itália, que este ano doaram o tradicional abeto da Praça de São Pedro.

“A árvore e o presépio são elementos desse clima típico do Natal, que faz parte do patrimônio espiritual de nossa comunidade e que temos que conservar”, disse o Pontífice.

Bento XVI estimou estas tradições natalinas diante de uma sociedade na qual, segundo ele, prevalecem “a corrida para o consumismo e a busca apenas de bens materiais”.

Para o Pontífice, “a festa cristã do Natal e seus símbolos, entre eles o presépio e a árvore enfeitada com os presentes, são importantes referências ao grande mistério da Encarnação e do nascimento de Jesus”.

Bento XVI elogiou a árvore da espécie abeto dos Alpes Dolomitas, que mede 25 metros e foi “retirada sem prejudicar a floresta”.

Segundo o Pontífice, o abeto é “um significativo símbolo do nascimento de Jesus”, porque, “com suas folhas sempre verdes, representa a vida que não morre”.

“Mantenham vivas estas belas tradições tão sentidas e se empenhem em organizar sempre mais manifestações de uma vida cristã autêntica”, acrescentou.

Hoje, será celebrada a cerimônia para acender as 2.000 lâmpadas da árvore, colocada junto ao monumental presépio da Praça de São Pedro.

Fonte: EFE