Exonerado há 43 dias da Assembléia Legislativa de SP após ser apontado como suposto funcionário fantasma, Frederico Rasmussen, parente dos fundadores da Igreja Renascer, Sonia e Estevam Hernandes, foi recontratado com salário de R$ 4.235.

Frederico fez parte do grupo de cinco familiares do casal contratados pelo ex-deputado Bispo Gê (PFL) mas que nunca trabalharam, segundo funcionários. Em fevereiro, todos foram exonerados. Frederico foi nomeado pelo sucessor do bispo Gê, o bispo José Bruno (PFL).

Sonia e Estevam estão presos desde janeiro, quando tentaram entrar nos EUA com dólares não declarados.

Fonte: Folha de São Paulo