O PEN (Partido Ecológico Nacional), cujo registro foi aprovado na semana passada pela Justiça Eleitoral, pertence à Assembleia de Deus, informou a coluna Panorama Político, do Globo.

A AD segue, assim, o exemplo da Igreja Universal, que é a “proprietária” do PRB.

O presidente nacional do PEN é Adilson Barroso, ex-deputado estadual de São Paulo pelo PSC. Ele espera que os 24 deputados federais eleitos com o apoio da Assembleia de Deus migrem para PEN, desfalcando principalmente o PSC.

O novo partido escolheu o número 51 para constar nas cédulas de votação, mas não poderá participar das eleições municipais de outubro porque a legislação exige que as novas legendas tenham pelo menos um ano de existência para disputar votos.

O site do PEN não faz nenhuma alusão à Assembleia de Deus. A única referência à religião aparece no artigo 3º do seu estatuto, segundo o qual a base do partido são “os conceitos da Social Democracia Cristã”.

[b]Fonte: [url=http://www.paulopes.com.br/2012/06/partido-ecologico-nacional-foi-criado.html#ixzz1z0Ag2wtp]paulopes[/url][/b]