O pastor Ricardo Luiz Duarte, de 43 anos, foi preso ontem, após ser surpreendido pelo pai de uma menina de seis anos, que estava sem calcinha e sendo bolinada sexualmente pelo pastor, em sua casa, no bairro Portão do Rosa, em São Gonçalo.

Ricardo, que é da Igreja Assembléia de Deus daquele bairro, fugiu, mas foi localizado escondido no quintal de casa, perto da residência dele, por PMs que foram chamados pelo pai da criança.

Ricardo foi levado para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher – Deam – de São Gonçalo, onde a delegada titular Aparecida Mallet, após ouvir o relato da menina e do pai, autuou em flagrante o pastor por atentado violento ao pudor. A criança disse à delegada que o “tio Ricardo” já tinha feito carícias nela várias vezes.

De acordo com a delegada, o pai da menina disse que estava estranhando o comportamento da filha que andava muito arredia e em uma determinada ocasião comentou que o “ tio Ricardo” pedia para que ela arrumasse a casa dele. Ainda segundo o pai, inicialmente, não desconfiou que tal crime estivesse acontecendo, porque sua filha brincava com as filhas do pastor, da mesma faixa etária.

O pai da menor relatou também que quando saía de sua casa pela manhã, viu Ricardo chamar sua filha, e em seguida foi até a porta dos fundos da casa do pastor, quando ouviu ele dizer para a menina tirar a calcinha e sentar no seu colo.

O pai da menina invadiu a casa de Ricardo, que fugiu. A polícia militar foi chamada. O pastor foi localizado e levando para a Deam de São Gonçalo.

Fonte: Último Segundo