Um pastor da Igreja Batista foi preso na cidade de Johnson, no estado norteamericano do Tennesee, na semana passada.

De acordo com a polícia, Tommy Tester, 58 anos, estava usando uma saia quando foi preso ao ser flagrado urinando em frente a crianças num lava-rápido. O pastor também é acusado de de oferecer sexo oral aos policiais , que encontraram em seu carro uma garrafa de vodka e barbitúricos. Tester foi preso na última sexta-feira.

Tester é pastor da Igreja Evangélica Batista de Bristol e empregado da rádio cristã WZAP-AM, que o suspendeu temporariamente até o fim das investigações. A rádio emitiu nota pedindo orações para o pastor.

Tester foi liberado após pagar fiança de 1.000 dólares e aguarda audiência na justiça marcada para outubro.