Simon Reynold tinha fugido na pausa para o almoço do julgamento. Ele ficava com o dinheiro de casamentos e funerais.

Um pastor britânico que fugiu durante o julgamento por roubar mais de 37.000 dólares de casamentos e funerais se entregou nesta segunda-feira (27) depois de quatro dias desaparecido.

Simon Reynolds fugiu na quinta-feira (22) durante a pausa para o almoço do julgamento realizado em Sheffield, norte da Inglaterra, pouco antes de ser declarado culpado pelos delitos contra ele.

A polícia britânica havia alertado a Interpol, temendo que ele fugisse do país. Mas, a pedido de seus superiores, Reynolds decidiu se entregar.

Reynolds foi declarado culpado por ficar com o dinheiro de casamentos e funerais invés de entregar a quantia às autoridades diocesanas.

[b]Fonte: G1[/b]